Colloque-inégalités, déplacements et politiques publiques: migrants et réfugiés, Sao Paulo, 8-9 novembre 2013

A Fundação Memorial da América Latina, o Laboratório Psicanálise e Sociedade, da USP, e o Núcleo de Pesquisa Psicanálise e Política, da PUC-SP, promovem, nos dias 8 e 9 de novembro de 2013, o Simpósio Desigualdades, deslocamentos e políticas públicas na imigração e refúgio. O encontro reúne psicanalistas, sociólogos, filósofos, profissionais da área de saúde pública e militantes de direitos humanos para debater os deslocamentos humanos e seus desdobramentos políticos, culturais e subjetivos.

Os palestrantes abordarão, sob o ponto de vista clínico, político e cultural, as políticas que levem em conta os direitos e as vicissitudes dos imigrantes e dos refugiados, bem como os desafios e os impasses de sua integração na sociedade brasileira. Participarão do evento, o presidente do Conselho Nacional de Imigração, Paulo Sérgio de Almeida, a coordenadora de projeto da Organização Mundial Internacional para Migrações, Carmem Lussi, e professores da Universidade de São Paulo, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Universidade Federal de São Paulo, da Universidade Estadual do Rio de Janeiro e da Universidade Federal do Rio de Janeiro, além de convidados estrangeiros.
O Laboratório Psicanálise e Sociedade da USP tem como objetivo geral promover a investigação psicanalítica dos eventos políticos e sociais. Articula a constituição da subjetividade à construção do laço social, elucidando os modos pelos quais as transformações em um dos polos se refletem em modificações no outro, observando a formação de sintomas pessoais e sociais e analisando suas repercussões teóricas e clínicas. Tem se dedicado ao desenvolvimento de práticas clínico-políticas a imigrantes e refugiados. Desenvolve desde 2004 o Projeto de Extensão e Cultura da Universidade de São Paulo: Migração e Cultura: Experiências de atendimento a pessoas em situação de vulnerabilidade psíquica e social.
O Núcleo Psicanálise e Política da PUC – SP pesquisa sobre os modos de enredamento do sujeito, sua constituição e destituição no campo social e político. As bases teórico-conceituais são advindas da Psicanálise, especialmente de S. Freud e J. Lacan, assim como de autores de outros campos teóricos, críticos das políticas e das estratégias de controle e de poder na contemporaneidade. As pesquisas deste Núcleo abordam as expressões da violência; os efeitos e as dimensões coletivas do trauma, do desamparo e da violação de direitos bem como as modalidades de resistência e enfrentamento dos sujeitos nas situações de violência/vulnerabilidade e a construção/transformação do laço social na contemporaneidade.
PROGRAMAÇÃO
Simpósio Desigualdades, Deslocamentos e Políticas Públicas na Imigração e Refúgio
8 de Novembro de 2013, sexta
9h30 – Abertura
Miriam Debieux Rosa (USP/PUC-SP)
Luis Avelima (Fundação Memorial da América Latina)
10h00 – Mesa 1
Políticas públicas e desigualdades na imigração e refúgio.
Palestrantes:
Paulo Sergio de Almeida (Presidente do Conselho Nacional de Imigração)
Carmem Lussi (OIM – Organização Internacional para as Migrações)
Mauro Iasi (Universidade Estadual do Rio de Janeiro)
Coordenadores:
Taeco Toma Carignato (Laboratório Psicanálise e Sociedade – USP/PUC-SP; Caritas)
Sandra Luzia Alencar (Laboratório Psicanálise e Sociedade – USP/PUC-SP; psicóloga na Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo)
Debatedores:
Roque Patussi (Coordenador do Centro de Apoio a Migrantes – CAMI)
Ruth Camacho (Voluntária do Centro Pastoral do Migrante/Missão Paz)
14h00 – Conferência
Um projeto de atendimento a imigrantes e refugiados: consultas interculturais e outros dispositivos clínicos.
Conferencista:
Marie-Rose Moro (Universidade de Paris Descartes, Sorbonne; Associação Internacional de Etnopsicanálise)
Coordenadores/debatedores:
Ilana Mountian (Laboratório Psicanálise e Sociedade, supervisora do Projeto Migração e Cultura da USP/PUC-SP)
Miriam Debieux Rosa (USP/PUC-SP)
Viviani do Carmo (Laboratório Psicanálise e Sociedade – USP; Laboratório Psychologie clinique et psychopathologie / Paris V).
15h30 – Lançamento do livro
Desafios e Perspectivas no Campo da Imigração e do Refúgio: Política e desejo
Miriam Debieux Rosa, Taeco Toma Carignato e Sandra Luzia Alencar (organizadoras)
9 de novembro de 2013, sábado
9h00 – Mesa 2
Impasses no atendimento e assistência aos imigrantes e refugiados: saúde e saúde mental
Palestrantes:
Virginia Junqueira (Unifesp)
Felicia Knobloch (PUC-SP, Coletivo de estudos Apoio Paidéia do DSC/FCM/UNICAMP)
Coordenadores/debatedores:
Sandra Alencar (Laboratório Psicanálise e Sociedade – USP/PUC-SP; psicóloga na Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo)
Maria Cristina Morelli (Centro de Acolhimento/Caritas)
Celina Arantes (Região Central – Secretaria Municipal de Saúde)
Intervalo de 30 min. / continuação da Mesa 2
Da narrativa à historia, da alienação ao sujeito: Clinica institucional do trauma com refugiados na França
Palestrantes:
Marie Saglio-Yatzimirsky (INALCO, CNRS-EHESS – Paris/França)
Ademir Pacelli Ferreira (IP/UERJ e NIEM – Rio de Janeiro/RJ)
Coordenadores/debatedores:
Cristina Rocha Dias (Supervisora do Projeto Migração e Cultura USP/PUC-SP)
Leonel Braga (Supervisor do Projeto Migração e Cultura USP/PUC- SP; EBEP-SP)
14h00 – Mesa 3
Desejo, arte e política na imigração: Comentários sobre SUR, filme de Fernando Solanas.
Palestrantes:
Ricardo Ibarlucía (Universidad Nacional de San Martín, Argentina)
Caterina Koltai (PUC-USP)
Coordenadores/debatedores:
Luiz Antonio Palma e Silva (Núcleo Psicanálise e Política – PUC/SP e FUNDAP)
Oriana Jara Maculet (Presidente da ONG Presença da América Latina)
Serviço:
Simpósio Desigualdades, Deslocamentos e
Políticas Públicas na Imigração e Refúgio
8 e 9 de Novembro de 2013, sexta e sábado
Horário: 9h às 18h
Coordenação acadêmica: Profa. Dra. Miriam Debiex Rosa
Biblioteca Latino-Americana Victor Civita
Fundação Memorial da América Latina
(informações e inscrições pelo e-mail: mnsoares@usp.br)
Informações complementares: eventoscbeal@memorial.sp.gov.br – Tel.: (11) 3823-4780